Chefe de Criminal Minds fala sobre a vitória no People’s Choice e Mr. Scratch instigando um grande problema

A décima segunda vez é o encanto, certo? Essa é uma conclusão lógica, já que precisou de 12 indicações para a série de longa duração Criminal Minds finalmente ganhar o prêmio de Drama Criminal de TV Favorito no People’s Choice Awards, há algumas semanas. A série, produzida pela ABC Studios e CBS Television, recebeu a honra e reuniu o elenco (na foto mais abaixo) no set do show em Los Angeles, na semana passada, para comemorar o prêmio.

Mas há bandidos para serem pegos e, deixando a comemoração de lado, voltam aos negócios esta semana quando um hieróglifo bizarro encontrado no corpo de um homem morto é estranhamente semelhante a vítimas de anos atrás. Além disso, Reid (Matthew Gray Gubler) decide tirar sua mãe (a estrela convidada Jane Lynch) de um estudo clínico e trazê-la para casa com ele, o que não vai tão bem como ele esperava.

TV Insider conversou recentemente com a produtora-executiva e showrunner Erica Messer, não só sobre o prêmio, mas também sobre a volta de Lynch ao show. Ela também falou sobre o que mais está por vir para o resto da temporada.

tumblr_okgr4yzpzm1r9js4go1_1280

Parabéns pelo prêmio no People’s Choice!
Erica Messer: É muito especial este ano, porque passamos por muita coisa e os fãs ficaram com a gente, e eu acho que essa foi a maneira deles nos informarem que “ainda nos apoiam”, o que é fantástico. Fomos nomeados desde a primeira temporada. Quando acho que o prêmio foi para Novo Drama Criminal Favorito ou apenas Drama. Prison Break ganhou naquele ano, mas estávamos todos lá, prontos e esperando que ganhássemos. Desde então fomos nomeados, mas somos como a Susan Lucci dos dramas criminais. Tivemos tantas mudanças no ano passado que acho que isso significa ainda mais nesta temporada. A primeira vitória depois de uma dúzia de anos! É uma loucura!

O que você atribui a isso? Dado o material de bastidores deste ano, você acha que o show está fresco de alguma forma?
Acho sim. É como provar que mesmo com 12 anos em uma série, você ainda pode encontrar novas maneiras de contar histórias, e introduzir sangue novo entre seus personagens pode ser algo realmente muito bom. Algumas coisas eu não acho que qualquer um de nós teria previsto ou escolhido para a 12ª temporada. Mas é muito gratificante, na verdade, ver que as pessoas ainda estão por trás disso.

ad1c5579edd25434_pca_2017_bts_adam_rodriguez

Conversei com Adam Rodriguez recentemente, e ele tem sido um grande complemento para o show. O que ele traz para o show como Alvez?
Acho que todo mundo disse: “Oh, Shemar Moore se foi, você vai precisar desse tipo de cara”, ou seja, o cara durão que vai chutar portas para você, mas Adam é muito mais que isso. Assim como Shemar era muito mais do que o irmão mais velho. Para nós, a parte mais complicada era que Morgan, interpretado por Shemar, e Garcia (Kirsten Vangsness), tinham uma relação tão interessante e certamente querida pelos fãs, e não queríamos que o personagem de Adam entrasse e, de qualquer jeito, tentasse se encaixar para substituir aquilo. Nós meio que fomos em frente com ele, onde Garcia não pode olhar para Adam e ser tipo, “Oh, este cara está aqui”. Quer dizer, ela vai olhar para ele e ser tipo, “Por que este cara bonito está aqui? Eu sinto falta do meu Morgan”. Nós apenas fizemos uma dinâmica muito divertida para eles, onde ela está tentando mesmo não gostar do cara e ele é tão simpático que ela está tendo muita dificuldade.

Sabendo que Jane Lynch estava de volta, como você deu forma ao episódio?
Estivemos tentando conseguir Jane por muito tempo, e ela tem estado tão ocupada, mas ela decidiu dar uma pequena pausa este ano, então nós conseguimos tê-la em um par de episódios, realmente. O primeiro foi o episódio desta [quarta-feira], e pensamos: “Não podemos ter Jane Lynch de volta e não construir uma história em torno dela”. Então, foi isso que fizemos, e construímos uma grande história à sua volta. Acho que esse episódio realmente é uma boa maneira de mostrar essa camada do personagem de Matthew (Reid) – que ele é este cérebro e ele pode resolver todo tipo de coisa, todo o tipo de problema e aqui está sua mãe, a coisa que ele mais ama no mundo, e ele não pode fazê-la melhorar. Foi como assistir a um jogo realmente bom quando estávamos no set assistindo as cenas. Quero dizer, eles são tão bons juntos e Jane é tão linda.

mae

O que mais está por vir no resto da temporada?
Temos um grande enredo vindo para o resto do ano com Mr. Scratch, que tem atormentado a equipe este ano, então fique atento para isso. Será uma espécie de recompensa para todos aqueles que estiveram assistindo por tanto tempo. O procedimento é uma coisa, e todo mundo gosta de nossas batalhas do bem contra o mal, mas quando chegamos realmente a mergulhar em nossos heróis, então, todo mundo parece saltar a bordo.

A história do Mr. Scratch é algo que vai terminar até o final desta temporada, ou vocês vão brincar com isso por um tempo?
Estamos discutindo isso. Parece que poderia ser de qualquer maneira, mas estou pensando se nós começarmos uma 13ª temporada com 23 episódios, então, esse é o episódio 300. Talvez nós mantenhamos o Mr. Scratch por um tempo.

pca2017

‘Criminal Minds’ Boss on People’s Choice Win and Mr. Scratch Stirring Up Big Trouble

Twelfth time’s the charm, right? That’s a logical conclusion given that it took nomination No. 12 for the long-running Criminal Minds to finally win the Best TV Crime Drama award at the People’s Choice Awards a few weeks ago. The series, produced by ABC Studios and CBS Television, grabbed the honor and the cast (pictured above) assembled on the show’s set in Los Angeles last week to celebrate the award.

But there are bad guys to be caught and, all celebrating aside, it’s back to business on this week’s installment when a bizarre hieroglyph found on a deceased homeless man’s body is oddly similar to previous casualties from years ago. Also, Reid (Matthew Gray Gubler) decides to take his mother (guest star Jane Lynch) out of a clinical study and bring her home with him, which doesn’t go as well as he had hoped.

TV Insider recently talked with showrunner/executive producer Erica Messer to get her take on not only the award, but on having Lynch return to the show. She also touched on what else is coming the rest of the season.

tumblr_okgr4yzpzm1r9js4go2_1280

Congratulations on the People’s Choice Award!
Erica Messer: It’s extra-special this year because we’ve been through a lot and the fans have stuck with us, and I think that was their way of letting us know “we still have your back,” which is pretty fantastic. We’ve been nominated ever since the first season. That was back when I think the award was for Best New Crime Drama or just Drama. Prison Break won that year, but we were all there, ready and hoping that we would win. Ever since then we’ve been nominated but were like the Susan Lucci of crime dramas. We’ve had so many changes in the past year that I think it means even more to it this season. The first win after a dozen years! That’s just crazy!

What do you think attributed to it? Given the behind-the-scenes stuff this year, do you think the show is refreshed in some way?
I think it is. It’s sort of proving that 12 years into a series, you can still find fresh ways to tell stories, and introducing new blood into your characters can be a really great thing. Some of the things I don’t think any of us would’ve ever predicted or chosen for what Season 12 would look like. But it’s pretty rewarding actually to see that people are still behind it.

adamlukealvez

I talked to Adam Rodriguez recently, and he’s been a great addition to the show. What does he bring to the show as Alvez?
I think everybody said, “Oh, with Shemar Moore gone, you’re going to need that kind of guy,” meaning your tough guy who’ll kick in a door for you, but Adam is so much more than that. Just as Shemar was so much more than the big brother type. For us, the tricky part for us was Morgan, played by Shemar, and Garcia (Kirsten Vangsness), had such an interesting relationship and was certainly a fan-favorite relationship, and we didn’t want Adam’s character to come in, and in any way, shape or form try to replace that. We kind of went opposite with it, where Garcia can’t look at Adam and be like, “Oh, this schlub is here.” I mean, she’s going to look at him and be like “Why is this handsome guy here? I miss my Morgan.” We just played with a really fun dynamic for them where she’s trying really hard not to like the guy and he’s so likable that she’s finding that to be incredibly difficult.

Knowing Jane Lynch was coming back, how did you go about shaping the episode?
We’ve been trying to get Jane forever and ever and ever, and she’s been so booked and busy, and she decided to take a little bit more of a break this year so we we’re able to get her in a couple of episodes actually. The first one was [Wednesday’s] episode, and we thought, “We can’t have Jane Lynch back and not build a story around it.” So that’s what we did, and we built a big story around it. I think that episode really is a nice way to kind of show that layer to Matthew’s character (Reid)—that he’s this brainiac and he can solve all kinds of things, all sorts of problems and yet here’s his mom, the thing he loves the most in the world, and he can’t make her better. It was like watching a really good play when we were on set watching the scenes. I mean, they’re so good together and Jane’s just so lovely.

Surface Tension

What else is coming up the rest of the season?
We have a big storyline coming up for the rest of the year with Mr. Scratch, who has been tormenting the team this year, so stay tuned for that. It’ll be sort of a reward to all of those who have been watching for so long. The procedure is one thing, and everybody likes our battles of good vs. evil, but when we get to really dive into our heroes, then everybody seems to jump on board.

Is the Mr. Scratch story something that’ll get wrapped up by the end of this season, or will you play with for a while?
We’re sort of debating that. It feels like it could go either way, but I’m thinking if we get a Season 13 with 23 episodes, then that’s episode 300. Maybe we keep Mr. Scratch around for a while.

Tradução/Translated by: Patrícia Angélica

Edição/Edited by: Dayana Alves Coelho

Fonte/Source: TV Insider

Anúncios

2 respostas em “Chefe de Criminal Minds fala sobre a vitória no People’s Choice e Mr. Scratch instigando um grande problema

  1. Pingback: O que irá acontecer com o Reid? | Criminal Minds Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s