Criminal Minds: será que uma segunda vez (e Gary Sinise) serão o charme para um outro spinoff?

Criminal Minds está expandindo seu mundo de novo – indo ao redor do mundo.

Cinco anos após o lançamento do efêmero “Criminal Minds: Suspect Behavior”, o procedural da CBS leva ao ar o piloto de entrada para “Beyond Borders” nesta quarta-feira – ou como a produtora-executiva Erica Messer descreve em poucas palavras, “Criminal Minds International”.

“Em sua forma mais simples, é o que é”, diz Messer ao TVGuide.com. “[O produtor-executivo] Mark Gordon queria fazer outro spinoff e eu senti que precisava apenas esperar até que encontrássemos a ideia certa. Certamente ir para uma rota internacional parecia ser a coisa certa a fazer, na hora certa. Temos 10 temporadas. Isso responde esse dilema do spinoff, que é: como essa série é a mesma, mas diferente da série-mãe? E eu acho que nós fomos capazes de resolver isso muito bem, dizendo que [os dois shows são] o mesmo por eles serem ‘profilers’ e resolverem crimes através de comportamentos, mas são diferentes, porque eles estão fazendo isso do lado de fora do nosso país quando os americanos estão em apuros”.

Essa foi a principal lição aprendida pelos produtores com “Suspect Behavior”, que viu Forest Whitaker liderar uma equipe de agentes marotos por todos os EUA – basicamente o que Hotch (Thomas Gibson) & Cia. já fazem. “Eu senti que era muito semelhante, porque eles poderiam estar em Cleveland na mesma semana em que estamos em Cleveland para resolver um crime similar. O elemento de serem meio desonestos não se destaca para mim como sendo diferente o suficiente. Eu acho que esse foi um passo em falso”, diz Messer. “Você sempre aprende com o que veio antes de você, por isso, aprendi muito com aquela série. Eu estava lá na série-mãe quando aquela estava sendo criada, então eu tinha uma visão externa do que estava acontecendo, então eu só queria ter a certeza de que todo mundo, na frente e atrás da câmera, estava animado com este projeto”.

E eles estavam, uma vez que eles descobriram quem iria estrelar: Gary Sinise. Joe Mantegna, amigo do ator de “Forrest Gump” e “CSI: NY”, apresentou Messer para Sinise em maio passado, no National Memorial Day Concert, da PBS, que os atores apresentam todos os anos, em Washington, DC. Como o spinoff estava em andamento, Messer não tirava Sinise de sua cabeça. “As pessoas naturalmente começaram a dizer: ‘Bem, quem você tem em mente?’ e eu imediatamente disse: ‘Tipo um Gary Sinise'”, diz ela. “Quanto mais eu dizia isso, mais eu sentia que tinha que ser Gary Sinise, porque essa é a única pessoa na minha mente agora que caberia nesse papel. Ele é tão adorável. Então, eu disse a todos os atores [sobre o spinoff]. Eu disse, ‘eu preciso do seu apoio. Isso é o que estamos pensando. Eu acho que vai ser Gary Sinise. Tivemos uma reunião com ele. Eu acho que vai dar certo’. Uma vez que eu disse seu nome, todo mundo estava muito animado e emocionado, especialmente Joe, porque eles são bons amigos”.

Joe Mantegna e Gary Sinise são amigos na vida real, assim com seus personagens David Rossi e Jack Garrett.

Joe Mantegna e Gary Sinise são amigos na vida real, assim com seus personagens David Rossi e Jack Garrett.

“Gary é ótimo. Ele é muito divertido”, diz Gibson. “Ele é um cara de teatro. Eu vi muito de seu trabalho em Nova York um tempo atrás. Nós nos divertimos muito falando sobre como eram nossas vidas no teatro, e onde os nossos caminhos se cruzaram e onde quase se cruzaram. Ele é simplesmente fantástico e tão maravilhoso de trabalhar, e eu acho que os fãs estariam a bordo seguindo-o”.

Sinise interpreta o Chefe da Unidade Internacional, Jack Garrett. Sua equipe – que inclui a especialista em leis internacionais e linguista Lily Lambert (Anna Gunn), o agente de operações especiais Matthew Simmons (Daniel Henney) e o especialista em tecnologia Russ “Monty” Montgomery (Tyler James Williams) – junta forças com a BAU doméstica depois que uma família de quatro pessoas é sequestrada em Barbados. O unsub já havia evadido Garrett há dois anos em Aruba, e também a BAU no ano passado, na Flórida. Como Sinise e Mantegna, Garrett e Rossi são velhos amigos, e vão dividir muito tempo de tela no episódio de quarta-feira. Mas a base de Beyond Borders será familiar. Um veterano de 20 anos, Garrett, vem de uma longa linhagem de combatentes do crime, que continuará através de seu filho, que, como os telespectadores vão descobrir até o final do episódio, acaba de ser aceito na academia do FBI.

“É meio que, como Jack se sente? Você passa a vida inteira tentando proteger seus filhos e, em seguida, eles querem estar na linha de trabalho com você”, diz Messer. “Isso é algo que Gary e eu conversamos longamente à respeito. Ele realmente queria homenagear os agentes do FBI. Nós todos sabemos que isso é um trabalho muito duro e há muitos sacrifícios que você faz, e queríamos mostrar que às vezes é um assunto família. Isso lhe diz muito sobre Jack também. Ele queria fazer o que o pai dele fez. Ele é orgulhoso e honrado de que seu filho quer fazer o que ele faz, mas como um pai, ele está preocupado com isso. Como bem sabemos, as coisas podem dar errado lá fora”.

Para o personagem de Gunn, Lambert – a “sabe-tudo, da melhor maneira”, de acordo com Messer – sua porta de entrada para as forças da lei é muito mais trágica. Durante uma viagem para a Tailândia, como formatura depois da graduação no Ensino Médio, seu irmão e um amigo foram injustamente acusados e presos por tráfico de drogas, obrigando Lambert a estudar Direito Internacional para libertá-los. “É como Brokedown Palace!”, ironiza Messer, que aproveitou a chance para se encontrar com a estrela de Breaking Bad após a série da Fox, Gracepoint, ser cancelada. “Emocionalmente, isso é o que a impulsiona, porque seu irmão ainda está na prisão”.

Anna Gun, Thomas Gibson, Daniel Henney e Joe Mantegna nos bastidores de 'Beyond Borders' (10x19)

Anna Gun, Thomas Gibson, Daniel Henney e Joe Mantegna nos bastidores de ‘Beyond Borders’ (10×19)

Enquanto isso, o cara do exército, Simmons, tem uma família – quatro crianças com menos de 3 anos de idade, incluindo gêmeos – na Virgínia, onde montou a base para dar a seus filhos a estabilidade que ele não tinha quando criança. “Nós o planejamos para ter uma grande família, porque isso é algo que não fizemos na série-mãe”, diz Messer. “É bom ter essa orientação, porque Jack foi por este caminho antes. Como nós também descobrimos, a esposa de Matt é uma santa! Sabemos o quão áspera essa agenda pode ser, mas também sabemos que as pessoas fazem-na funcionar, por isso, estamos esperançosos aí.” “E o garoto prodígio Monty será um tipo de híbrido de Garcia-Reid-JJ, ficando em Quantico para trabalhar sua mágica tecnológica e lidar com as famílias das vítimas.

“Monty é uma combinação deles, mas eu também não acho que isso é verdade. Tyler traz algo muito seu para o personagem. Ele é um representante para a equipe, enquanto eles estão fora do país”, diz Messer. “Ele é o coração da equipe. Ele tem capacidade [de JJ] para se conectar com os membros da família. Eu acho que isso é algo que não fazemos com apenas um personagem, mas vamos deste jeito neste show. O plano é, de vez em quando , vamos trazê-lo para fora da zona de segurança da Virgínia, como fazemos com Garcia”.

Embora Messer esteja olhando sempre ligeiramente à frente, ela não vai receber a resposta da escolha da série até o próximo mês (Criminal Minds, com seis estrelas abertas para renegociação de contratos, está por si só à espera de uma ordem para a 11ª temporada). “Estou esperançosa para ambos. Eu não quero atrair azar, mas isso [spinoff] abre muito nossas histórias, porque não tem que ser um crime em série da semana, só tem que ser um americano fora dos EUA em apuros a cada semana”. Mas talvez, o mais importante, o que poderia fazer Beyond Borders funcionar, é a sua ‘relatabilidade’ [a forma como relata as histórias]. “São casos que você leu ou vê no noticiário, e você fica horrorizado”, diz ela. “Alguém sai de férias e desaparece. O que aconteceu? Eu acho que isso é algo que intriga e assusta a nós todos. Queremos manter isso de forma simples, real e assustadora, e mostrar esta outra equipe de excelentes ‘profilers’ que sai ao redor do mundo capturando bandidos”.

Mas espere, onde estavam eles quando “The Fisher King” mirou em Morgan (Shemar Moore) e Elle (Lola Glaudini) na Jamaica na 1ª Temporada? “Oh, meu Deus!” Messer, diz, rindo. “Hotch estava lá imediatamente, por isso, não precisou chamá-los!”

Tradução: Patricia Angelica.

Edição: Dayana Alves Coelho.

Fonte/Source: TVGuide.

Anúncios

3 respostas em “Criminal Minds: será que uma segunda vez (e Gary Sinise) serão o charme para um outro spinoff?

  1. A princípio parece bom, tem um elenco ótimo ( o que já sabemos não garante nada) mas com certeza tem potencial. Entretanto, o que me preocupa mais do que se o spinoff vai funcionar e se a 11ª temporada de Criminal Minds vai acontecer??????????????

    • Alessandra, tudo indica que vamos ter uma 11ª temporada sim. Os números da série estão bons, o elenco e os produtores estão felizes aparentemente… não há motivos para o cancelamento. Mas notícias concretas sobre isso, só após o fim da temporada, ou seja, se meados de maio pra frente…

      Como eu sempre digo, a época mais sombria do ano está chegando… a ela, damos o nome de hiatus… =/

  2. Parece legal, mas nada de novo. Confesso que depois do Criminal Minds: Suspect Behavior não estou com grandes expectativas e se não fosse pelo Gary Sinise nem iria assistir. O enredo é bem parecido com o da série Crossing Lines, a única diferença é que eles vão se focar em americanos no exterior…. aguardarei o piloto para saber se valerá a pena.

    Ps: Ótima tradução!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s