Jennifer Love Hewitt sucede Jeanne Tripplehorn como algo ‘totalmente diferente’.

Depois de estar envolvida em quase todos os aspectos de sua última série, Jennifer Love Hewitt agora tem uma mente diferente.

Agora que é mãe pela primeira vez, com o marido Brian Hallisay — que contracenou com ela em “The Client List” — a veterano de outros programas como “Party of Five” e “Ghost Whisperer” está satisfeita em se focar somente em atuar.

Jennifer e seu marido, Brian Hallisay.

Jennifer e seu marido, Brian Hallisay.

Ela faz isso às quartas-feiras no drama da CBS, “Criminal Minds”, unindo-se á série para seu 10º ano, como Kate Callahan, uma talentosa agente que se torna o mais novo membro da equipe de David Rossi (Joe Mantegna), a Uunidade de Análise Comportamental (BAU).

“Eu não sabia que eles estavam procurando por alguém,” Hewitt diz ao Zap2it, ao suceder Jeanne Tripplehorn no elenco de Criminal Minds”. “Eu me encontrei com Erica (Messer, Produtora Executiva do show), que conheço desde que tinha 14 ou 15 anos, desde que ela trabalhou em ‘Party of Five’. Ela apenas disse, ‘Ei, estamos adicionando um novo personagem e nós pensamos que isto poderia ajustar-se bem a você’.

Jennifer Love Hewitt e Scott Wolf, em foto promocional da série, "Party of Five".

Jennifer Love Hewitt e Scott Wolf, em foto promocional da série, “Party of Five”.

“Na época, eu estava realmente em meio ao fato de uma nova mamãe e, honestamente, nem pensando sobre qual seria o meu próximo trabalho”, Hewitt afirma. “Isso é totalmente diferente do que já fiz antes — e um dos primeiros projetos em que eu também não sou produtora, colocando-me junto à palavra ‘Vai!’ e assumindo toda a responsabilidade. É bom ser capaz de ir para a casa de outra pessoa, como uma convidada, e jogar pelas regras deles.”

Hewitt concilia o trabalho e a maternidade, sua filha Autumn de 10 meses…é “uma loucura, mas totalmente factível de alguma forma, realmente é uma coisa do dia-a-dia, mas temos tido sorte em termos uma criança muito boa que é bem fácil de lidar e permite que a mamãe e o papai tenham uma vida e uma existência além de ser seus pais. E isto realmente é o trabalho perfeito para ela,” acrescenta Hewitt, “porque eu posso fazer o que amo, mas também posso ir e vir e ser mãe. É ótimo!”

Jennifer Love Hewitt fazendo compras em janeiro de 2014, após o nascimento de Autumn.

Jennifer Love Hewitt fazendo compras em janeiro de 2014, após o nascimento de Autumn.

Jennifer Love Hewitt succeeds Jeanne Tripplehorn as something ‘totally different’.

After being involved in just about every aspect of her last series, Jennifer Love Hewitt is now of a different mind.

Now a first-time mom with husband Brian Hallisay — who was one of her co-stars on “The Client List” — the veteran of such other shows as “Party of Five” and “Ghost Whisperer” is content just to focus on acting.

She does that in Wednesdays of the CBS drama “Criminal Minds,” joining the series for its 10th year as Kate Callahan, an accomplished agent who becomes the newest member of David Rossi’s (Joe Mantegna) Behavioral Analysis Unit team.

“I had no idea that they were looking for someone,” Hewitt tells Zap2it of succeeding Jeanne Tripplehorn in the “Minds” lineup. “I met with Erica (Messer, the show’s executive producer), who I have known since I was 14 or 15, since she worked on ‘Party of Five.’ She just said, ‘Hey, we’re adding a new character and we think this would be a good fit for you.’

“At the time, I was really in the midst of being a new mommy and honestly not even thinking about what my next job was going to be,” Hewitt notes. “This is totally a different thing than I’ve ever done before — and one of the first projects I haven’t also been a producer on, putting it together from the word ‘go’ and shouldering all that responsibility. It’s sort of nice to be able to go to someone else’s house as a guest and play by their rules.”

Hewitt allows that balancing work and her parenting of 10-month-old daughter Autumn is “crazy, but totally doable somehow, It’s really a day-by-day thing, but we’ve been lucky to get a really great kid who is easygoing and allows both Mommy and Daddy to have a life and an existence besides being her parent. And this really is the perfect job for it,” adds Hewitt, “because I get to do what I love, but I also get to pop back and forth and be a mommy. It’s great!”

Tradução/Translated by: Dayana Alves Coelho.

Fonte/Source: Zap2It.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s