Entrevista na Expo Fan Canada com Matthew Gray Gubler e A.J. Cook

Image

Na Fan Expo Canada de 2012, eu tive a oportunidade de sentar com Matthew Gray Gubler e AJ Cook que interpretam Dr. Spencer Reid e Jareau Jennifer ‘JJ’, respectivamente, na série da CBS Criminal Minds, que atualmente está caminhando para sua oitava temporada com estréia prevista para terça-feira 25 de setembro às 10 horas no CTV (pré-CBS).

Eu conversei com o par sobre Paget Brewster deixando o show e o que isso significaria para a dinâmica da equipe. Perguntei-lhes se os escritores são ex-criminosos  considerando a sua propensão para constantemente aumentar o horror representado no show. Também conversamos sobre o que cada um gostaria de ver, para seus personagens na nova temporada. Confira!

Murtz Jaffer: Então, Paget (Brewster) está saindo … é assim que se fala o nome dela? A pronúncia online diz que deveria ser como ‘gadget’, mas com um P.

Matthew Gray GublerPaget. Sim, gadget com um P. Esse é um bom jeito de explicar!

A.J. Cook: Yeah!

MGG: Ou Paggot com um “je” no meio.

MJ:Obviamente, ela não vai voltar, como vocês acham que o show seguirá em frente sem ela? Acho que vocês já se acostumaram a isso.

MGG:Sim, é uma pena.

AC: Totalmente uma pena .

MGG: Jeanne Tripplehorn é ótima, mas ninguém jamais poderia substituir Prentiss.  Vai haver um novo personagem (Alex Blake) que esperamos que seja interessante de uma maneira diferente.

AC: Sim, ela é completamente diferente..

MGG: Paget é uma pessoa única (em que ela meio que fez todo mundo) … ela era o denominador comum com cada pessoa. Eu comparo-a a uma grande multidão. Ela fez cada cena divertida de se estar dentro. Faria o elenco se divertir mais. Como uma espécie de camaleão.

Image

MJ: Você diria que ela era o Ryan Seacrest deCriminal Minds?

MGG:Ela é o Ryan Seacrest dos Ryan Seacrests! Sim, é uma ótima maneira de colocar as coisas! É uma citação excelente.

AC:  Sim!

MGG: Sentiremos falta dela. Ela é o  Conan O’Brien de Criminal Minds.

MJ:  Será que algum dia veremos Reid ser fisgado? Parece que todo o resto já está casado ou casando.

AC:   Engraçado você ter perguntado…

MGG: Sim, na verdade temos uma história vindo aí. Uma história de amor única. Uma mulher misteriosa. Acho que se conseguirmos fazer do modo como imaginamos, vai ser diferente de tudo o que já foi feito na TV.

AC: (Sorrindo). É muito boa.

MJ: Ela é bonita? Esta garota?

MGG: Se o lado criativo do show conseguir fazer o que eles querem, e eu o que eu quero, vai diferente de qualquer coisa que já foi vista ou que não foi vista. Se der errado, então vai ser de um jeito mais convencional. Então, veremos. Reid talvez nunca descubra o quão bonita ela é… se ela vier a ter um rosto. É algo meio que especial.

Image

MJ: E da sua parte, agora você está saindo mais a campo, mais envolvido com a ação. Você prefere isso mais do que ficar apenas organizando entrevistas coletivas?

AC: Oh absolutamente. Toda a coisa sobre eu partindo e depois voltando, aquilo foi muito drama mas eu não mudaria nada porque eu sinto que eu levei a  J.J. aonde eu sempre quis que ela estivesse. Tem sido ótimo. Eu amo que ela esteja mais no campo com a galera.

MGG:   É ótimo tê-la em campo.

AC:  É divertido! É muito divertido! Eu adoro ação e fazer algo físico e é divertido colocar em J.J. um pouco disso e é demais. Estou me divertindo muito! Eu nunca fico entediada e é sempre algo novo. Ela ser uma profiler é algo novo e excitante. Eu posso fazer no show coisas que eu nunca fiz antes.

MJ: Qual é a importância de manter o mesmo elenco em um show como o seu? Eu sinto que o material só fica cada vez mais horrível e ainda assim as pessoas ainda continuam voltando para mais. Quando eu falo com alguém sobre Criminal Minds, eu costumo ter duas respostas. O primeiro é “Eu não sei de onde eles vêm com esse material ‘e a  segunda é’, mas eu ainda amo o BAU (Behavioral Analysis Unit).” Qual é a importância de manter as mesmas pessoas?

MGG: É muito importante. Temos escritores maravilhosos e tão interessante como procedimento é, eu acho que o caráter é sempre o gancho irresistível que mantém as pessoas ao redor. Talvez eles sintonizem para ver os assassinatos, mas ficam pela dinâmica familiar. Então, nós estamos com sorte. É uma honra. Para ter estado no ar por oito anos, você se torna parte da mesma classe de The Cosby Show and Cheers

MJExceto que o de vocês é sobre serial killers…

AC: Yeah, tem isso.

MGG: Sem brincadeira. É ótimo ter a mesma equipe por tanto tempo.

AC: Parece que ganhamos na loteria. Nem acredito que vamos para a oitava temporada.

MJ:Os escritores são assassinos?

MGG: A maioria deles são. Muitos deles cumpriram pena. Não necessariamente por assassinato, mas outros crimes hediondos (brincadeira).

AC: É sombrio, com certeza. Há material sombrio, com certeza. Por alguma razão, a nossa sociedade tem um fascínio por esse tipo de coisa. Mas hey, eles parecem se divertir, mas, sim, pode ficar um pouco arriscado às vezes.

MJ: Bem, a pergunta real é de onde vêm as idéias? Quando eu acho que eu já vi tudo vem uma velha jogar uma criança em um incinerador …

MGG: Eu fiz esse! Eu dirigi esse! Foi um muito bom!

MJ: Eles acabaram de reprisar este. Falando nisso, eles vão levar a oitava temporada para um nível que ainda não fizeram?

AC: Vamos apenas dizer que o Episódio 5 começa com um estrondo.

MGG: Eles não estão nem perto de ficar sem ideias.

AC: Nem perto.

MJ: Se vocês pudessem escolher uma coisa para seus personagens na nova temporada, o que seria? Seus cenários de sonho para Reid e J.J.?

MGG: Eu gostaria de vê-lo fazer algo com o paranormal. Talvez caçando fantasmas ou algo assim …

Image

MJ:  Você tem a Comic-Con na cabeça!

MGG: Eu amo fantasmas. Criptozoologia. Se Reid estivesse caçando o monstro de Lago Ness, eu gostaria disso. Mais monstros de fantasia, menos monstros da vida real.

MJ: E para J.J.?

AC: Eu acho que seria divertido ver J.J. entrar em uma situação com um disfarce.

MJ:   Que tal outro filho?

AC: Não nesta temporada. Não!

MJ: E a minha pergunta final é esta. Alguns anos atrás, Shemar Moore estava aqui para o Upfront CTV (na verdade, ele estava aqui este ano também) para ajudar a promover Criminal Minds. Na época, eu disse que não tinha certeza sobre o show e eu não achei que não havia espaço para outro procedimento. Então eu comecei a assistir as reprises e as maratonas no A & E e tornou-se este hábito viciante. Você sente que você ainda está apelativo para o novo público que está tentando alcançar?

MGG: Essa é a coisa interessante. Vou conhecer pessoas que são como, ‘Eu só descobri sobre o seu programa na semana passada e nos últimos sete dias, eu assisti todos os episódios. “É bom. Tanto quanto para atender os que são como “Eu fui vê-lo desde que eu tinha seis anos e agora eu tenho 17” …

AC: Isso me faz sentir velha!

MGG: Ver em seus primeiros anos!

AC: Eu cresci assistindo você!

MJ:  É como o Show Assassino do Cosby de novo!

MGG: Exatamente

MJ: Isso foi ótimo. Muito obrigado a vocês

MGG & AC: Muito obrigado!

Fonte: Inside Pulse

Tradução: Michelle Ferreira Sanches

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s